Reformados

jul/13

25

Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida – Pv 4.23

Para que é o dinheiro?

Quanto mais exploramos as atitudes puritanas, mais aparente se torna que a chave de tudo que disseram sobre o assunto era sua convicção de que o dinheiro é um bem social, não uma propriedade privada. Sua principal finalidade é o bem estar de todos na sociedade, não o prazer pessoal da pessoa que acaso tenha o controle sobre ele.

O gênio do puritanismo foi sua percepção clara sobre a razão das coisas, esse gênio não deserdou deles em matéria de dinheiro. Tudo depende de como uma pessoa o usa. Baxter afirmou: “A questão é como usam aquilo pelo que trabalham tão arduamente e economizam tão frugalmente. Se o usam para Deus e para fins caritativos, homem algum há que tome curso mais certo”.

Quais são os fins ou as utilidades do dinheiro? Os puritanos podem falar por si sobre o assunto. “As riquezas podem nos capacitar a aliviar nossos irmãos carentes e a promover boas obras para a igreja e para o estado”. “Dinheiro existe para a glória de Deus e o bem dos outros”. ” Quanto mais diligentemente perseguimos nossos diversos chamados, mais somos capacitados a entender nossa caridade aos que estejam em pobreza e miséria”. “Os filhos de Deus buscam o uso espiritual daquelas coisas que as pessoas do mundo usam carnalmente”. Em nenhum destes comentários sobre a finalidade de se ganhar dinheiro tem-se a impressão de que a renda é algo que as pessoas têm o direito de gastar consigo mesmos simplesmente porque o ganharam.

William Perkins forneceu um resumo adequado de como os puritanos pensavam que o dinheiro deveria ser usado:

Devemos usar de tal modo os bens que temos, que o uso e posse deles devem tender à glória de Deus e à salvação de nossas almas… Nossas riquezas devem ser empregadas em usos necessários. Vem primeiro a manutenção de nosso bom estado e condição. Em segundo lugar, o bem dos outros, especialmente daqueles que são de nossa família e parentesco… Em terceiro, a assistência aos pobres… Em quarto, a manutenção da igreja de Deus e da verdadeira religião… Em quinto lugar, a manutenção da comunidade.

Já que Calvino foi muito caluniado neste assunto, deveríamos pausar para observar que sua atitude com relação à finalidade do dinheiro é a mesma que tenho atribuído aos puritanos. “Se adquirimos bens em ouro e prata”, ele escreveu, “é nosso dever… fazer o bem aos próximos”. Noutro lugar Calvino escreveu:

Todos os ricos, quando têm propriedade com que podem prestar serviço a outros, estão aqui… para assistir seus próximos… Aqueles a quem Deus deu muito grão e vinho devem oferecer parte destes bens àqueles que estão em necessidade dos mesmos.

Numa discussão sobre “o uso legal das riquezas”, Calvino escreveu: “Quanto mais rico é qualquer homem, mais abundantes são seus meios de fazer o bem aos outros”. [...]

William Perkins propôs o seguinte:

Os que têm riqueza devem considerar que Deus não é apenas o Senhor soberano, mas o Senhor de suas riquezas, e que eles mesmos são apenas mordomos de Deus, para empregá-las e dispensá-las de acordo com a vontade dEle e, além disso, de que devem dar conta a Ele daquelas riquezas, que têm e usam.

De acordo com Baxter: “Assim como mantemos nossas propriedades subjugadas a Deus, como proprietário, rei e benfeitor, assim devemos dedicá-las a Ele”.

Esta teoria da mordomia fornece um teste seguro sobre se as pessoas estão gastando seu dinheiro bem ou pobremente. Nas palavras de Baxter:

Se você desejou riquezas apenas para o serviço do seu Senhor e as tem usado para Ele, e pode verdadeiramente dar este testemunho de que as dispôs não para o prazer ou o orgulho desnecessários da carne, mas para suprir a si mesmo, sua família e a outros para o serviço de Deus… de acordo com a vontade dEle, e para uso dEle, então deve esperar a recompensa de servo bom e fiel.

De Leland Ryken, em “Santos no Mundo”santos no mundo

Os Puritanos como realmente eram

Editora Fiel, 2013

Tradução: João Bentes

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida – Pv 4.23, 10.0 out of 10 based on 2 ratings

· · · · ·

Fechado para comentários.

<<

>>

Theme Design by devolux.nh2.me